Entenda a queda de juros da Caixa para financiamento de imóvel

Após dois anos com os juros da compra da casa própria congelados, a Caixa Econômica Federal apresentou uma grande mudança que beneficiará o mercado imobiliário. Para ajudar a entender a situação atual, trouxemos este artigo explicando mais a fundo o que é essa queda de juros da Caixa e como ela favorece o financiamento de imóveis. Confira!

A queda de juros da Caixa Econômica Federal

A Caixa Econômica anunciou no dia 16 de abril de 2018 que os juros nas linhas de crédito imobiliário sofreram uma queda de 10,25% para 9% ao ano no Sistema Financeiro de Habitação (SFH), e de 11,25% para 10% ao ano no Sistema Financeiro Imobiliário (SFI). A mudança ocorreu após o Comitê de Política Monetária (Copom) anunciar que a taxa básica de juros sofreu um reajuste para 6,5% ao ano. Além disso, a Caixa aumentou a porcentagem máxima financiada pelo próprio banco de 50% para 70%, melhorando as formas de pagamento para os compradores.

 

Esse reajuste da Caixa já entrou em vigor, valendo para novos contratos a partir da data de anúncio, e abrangem imóveis de até R$ 800 mil em todo o país – o limite sobe para R$ 950 mil em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Distrito Federal. O objetivo da redução dos juros nas linhas de crédito imobiliário é oferecer melhores condições de pagamento aos clientes e aquecer o mercado imobiliário, já que outros bancos devem seguir essa tendência de reajuste.

Como essa alteração afeta o mercado imobiliário?

A queda dos juros nas linhas de crédito imobiliário criam um novo cenário no mercado de imóveis para proprietários, compradores e corretoras.
Essa redução proporciona um bom momento para aqueles que querem vender imóveis, uma vez que potenciais compradores são atraídos pela oferta de linhas de financiamento mais acessíveis. Portanto, é um bom momento para anunciar propriedades e solicitar ajuda de consultores para realizar a divulgação dos imóveis. Com a possibilidade de crescimento na demanda por imóveis, as chances de venda aumentam e geram mais negócios.

 

Exemplo prático

Vamos considerar um imóvel com valor de venda de R$ 500.000,00, em que um financiamento de 70% do valor total representa R$ 350.000,00. Sob a taxa de juros antiga (10,25%), o valor integral de financiamento no período correspondia a R$1.040.270,13. Após a queda dos juros para 9%, esse valor sofre uma redução de aproximadamente R$70.000,00, totalizando R$969.724,64.

Neste caso, a diferença já é notada no pagamento da primeira prestação já que o valor a ser pago apresenta uma queda de R$335,14 para o comprador, reduzindo de R$3.836,74 e atingindo um valor de R$3.501,60. Essas condições atraem a atenção de clientes interessados em soluções de crédito que tornem a aquisição de um novo imóvel mais acessível, além de favorecer o mercado.

 

 

Com o reajuste nos juros das linhas de crédito imobiliário da Caixa Econômica Federal, tanto os compradores e proprietários quanto os corretores de imóveis encontrarão chances mais assertivas de fechar negócios. A NEWCORE é uma ferramenta que engloba todos nesse processo de compra de imóveis. Acesse nosso site e encontre soluções para corretores, proprietários de imóveis e compradores interessados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.